domingo, 4 de junho de 2017

mundo roto

Uma semi-mulher conhecida pelas poses... de exibição com cariz sexuado (pronto, não vou arranjar termo que substitua na perfeição o termo inicial: de puta) - sejam tidas de moto próprio ou forçadas por agentes de máquina de lançamento de vedetas-para-queimar - tem a sorte de um tarado se fazer explodir num concerto seu, dando-lhe a visibilidade que nem as posses e os agentes conseguiram...
Triste.
Mais triste haver emissões interrompidas para mostrar a parte II.
Caridade?
...
Caridade era ensinar aos pais que deixaram as suas filhas pré-adolescentes ir assistir a um concerto de alguém que assume e exibe conduta pouco normal - exagerada, de cariz impróprio para quem está a formar a sua personalidade e bebe comportamentos de modelos, que é errado compactuar com isso, é irresponsável, é estúpido.

Sem comentários:

Enviar um comentário